Sementes transgênicas não farão parte do Programa Troca-Troca no RS

Semente sojaDirigente da FETRAF-SUL/CUT diz que entidade defende a produção convencional, agroecológica, diferenciada e com todo sistema de biodiversidade.

Fonte: Imprensa FetrafSul

Em uma votação na tarde dessa terça-feira, 24, o Conselho da Feaper aprovou  que as sementes transgênicas não farão parte do programa Troca-Troca de sementes. A coordenadora da FETRAF-SUL/CUT no Rio Grande do Sul, Cleonice Back, participou da votação e afirmou que esta também é uma vontade da Federação.

O conselho da Feaper aprovou que:

- Prorrogar para 20 de maio de 2012 o vencimento dos pagamentos do programa troca-troca semente milho safra 2011/2012 das entidades localizadas nos municípios sem decreto de emergência de estiagem;

- Liberação de financiamento para o programa troca-troca de sementes, no qual resolve que, será exigida garantia de aval, fiança ou hipoteca para aqueles projetos de financiamento cujo valor demandado seja acima de R$ 20 mil;

- Fica autorizado o Feaper financiar aos agricultores familiares, semente de milho para safra 2012/2013, no limite de até 400 sacas de semente;

- Criação de um programa de financiamento de sementes de cebola, batata, feijão, milho crioulo e arroz. Os recursos serão disponibilizados ás entidades por linha de crédito do Feaper através de financiamento pelo BADESUL.

Segundo Cleonice, a FETRAF-SUL/CUT defende a produção convencional, agroecológica, diferenciada e com todo sistema de biodiversidade. “Um grande avanço foi a semente crioula incluída no programa, estamos satisfeitos”, concluiu.

EcoAgência – FetrafSul

Arquivado em Notícias com as tags
Linhas de atuação: Biodiversidade e soberania alimentar

Newsletter

Cadastre-se para receber as novidades da Terra de Direitos