Notícias / Notícias



Conselho Nacional de Direitos Humanos se reunirá em Curitiba para tratar das violações de direitos


Audiência Pública para debater violência contra professores e manifestantes será realizada no dia 12. No dia 11, Conselho dialogará com sociedade civil.

Foto: Joka Madruga

O Conselho Nacional dos Direitos Humanos estará em Curitiba nos dias 11 e 12 de junho para sua 6ª Reunião Ordinária. Na ocasião, atividades especiais realizadas na Faculdade de Direito da Universidade Federal do Paraná farão parte da agenda dos conselheiros.

A partir das 15h da quinta-feira (11), a sociedade civil terá oportunidade de diálogo, e poderá relatar as ameaças e violações de direitos sofridas para o CNDH. Um dossiê construído pelo Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Paraná (Sindijor-PR), que relata casos de ameaças contra os profissionais da área deve ser apresentado no evento. Da mesma forma, as ameaças a defensores de direitos humanos do Paraná – como de integrantes de assentamentos e faxinalenses – também serão relatos. Moradores da Ocupação Tiradentes, ameaçados de despejo por uma empresa de aterro sanitário também devem ser ouvidos na ocasião.

Conselheiro do CNDH, Darci Frigo, explica o propósito da conversa. “Deve-se dar conhecimento às pessoas sobre o novo conselho, e da mesma forma e abrir os espaços para que a sociedade civil e as organizações possam apresentar denúncias ou proposições para o conselho”.

Violência policial

Na sexta-feira (12), uma audiência pública, realizada às 10h, discutirá a violência policial cometida contra professores e manifestantes no dia 29 de abril. Na data, mais de 200 pessoas ficaram feridas em manifesto contra um projeto de lei estadual, que alterava a previdência. O massacre foi resultado da ação arquitetada pela Secretaria de Segurança Pública do estado, que convocou mais de mil policiais militares.

Segundo Frigo, que também é coordenador da Terra de Direitos, a audiência foi solicitada ao Conselho após denúncia do Comitê 29 de abril, criado para tratar das violações de direitos humanos no massacre dos professores e trabalhadores na Praça Nossa Senhora de Salete.

O caso também foi tema de audiência pública realizada pela Comissão de Direitos Humanos do Senado Federal.

Programação

Diálogo com a sociedade civil e com os Conselhos de Direitos Humanos
Data: 11 de junho de 2015
Horário: 15h
Local: Sala La Martini Correa - 3º andar
Faculdade de Direito da Universidade Federal do Paraná
Praça Santos Andrade, 50
Centro – Curitiba/PR

Reunião ordinária

Sala de vídeoconferência, sala 311, 3º andar
Faculdade de Direito da Universidade Federal do Paraná
Praça Santos Andrade, 50
Centro – Curitiba/PR

Audiência Pública
Data: 12 de junho
Horário: 10h
Local: Sala 200, 2º andar
Faculdade de Direito da Universidade Federal do Paraná
Praça Santos Andrade, 50
Centro – Curitiba/PR
-----

Caso 29 de abril:
Ação violenta da polícia do PR contra servidores/as é discutida em audiências em Brasília.
Audiência Pública no Senado discute violação de direitos em massacre no Paraná.
Em documento, Comitê de Direitos Humanos 29 de abril aponta o ataque aos professores como “um verdadeiro massacre”.
Plataforma DHesca divulga nota de repúdio ao Governo do Paraná.



Ações: Defensores e Defensoras de Direitos Humanos
Eixos: Política e cultura dos direitos humanos