Notícias / Notícias



Município da Lapa recebe a 16º Jornada de Agroecologia


Nos dias 20 a 23 de setembro acontece no município da Lapa a 16ª edição da Jornada de Agroecologia, com o tema “Terra livre de transgênicos e sem agrotóxicos. Cuidando da terra, cultivando biodiversidade, colhendo soberania alimentar. Construindo um projeto popular e soberano para agricultura”. Serão realizadas oficinas, palestras, conferências, plenárias e já tradicional troca de sementes crioulas que acontece no último dia da jornada.

São esperadas mais de 4 mil pessoas, entre elas agricultores, estudantes, técnicos, pesquisadores, educadores, e militantes de organizações não governamentais e movimentos sociais do campo e da cidade.

Em 2017 completam 10 anos do assassinato de Valmir Motta de Oliveira, conhecido como Keno, e a Jornada de Agroecologia traz a memória do camponês. No dia 21 de outubro de 2007 cerca de 40 pistoleiros da empresa “NF Segurança” atacaram o acampamento da Via Campesina localizado no campo de experimento de transgênicos da transnacional Syngenta, em Santa Tereza do Oeste (PR). O local havia sido reocupado por cerca de 150 integrantes da Via Campesina e do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) pela manhã.

Os ocupantes denunciavam a realização de experimentos ilegais com milho transgênico em zona de amortecimento do Parque Nacional do Iguaçu. Os integrantes da Via Campesina também buscavam denunciar as empresas de biotecnologia que atuam de forma a impor um modelo de agricultura que gera danos ambientais com a utilização de transgênicos e agrotóxicos, de modo que inviabilizam a produção de alimentos saudáveis pelos camponeses, povos indígenas e povos e comunidades tradicionais.

Sobre a jornada

A primeira Jornada de Agroecologia foi realizada em 2002, em Ponta Grossa, e já passou por várias cidades do Paraná promovendo a luta dos povos do campo pela agroecologia e pela soberania alimentar. Promovido anualmente pelo Movimento Nacional dos Trabalhadores Sem Terra (MST), o evento consolidou-se como uma escola popular e camponesa permanente de abrangência internacional.

Conjunta às lutas da classe trabalhadora, camponesa e urbana, as jornadas de agroecologia tradicionalmente promovem durante todo o encontro debates políticos que converge com a realidade de todas e todos, traçando um diálogo que fortalece o embate ao sistema capitalista a partir da crítica agroecológica, apontando suas contradições e propondo novas alternativas.

Serviço:
16ª Jornada de Agroecologia
Data: 20 a 23 de setembro
Local: Parque de Exposições e Eventos da Lapa. BR 476 (Rodovia do Xisto) Km 66, Lapa, PR.



Notícias Relacionadas




Ações: Biodiversidade e Soberania Alimentar, Defensores e Defensoras de Direitos Humanos
Eixos: Terra, território e justiça espacial