Biblioteca

autoidentificação

Famílias da Terra Indígena Maró fazem acampamento contra derrubada de árvores

Exploração ilegal madeira Cerca de 30 famílias das etnias Borari e Arapium da Terra Indígena (TI) Maró, municípios de Santarém/PA, estão acampadas há cerca de cindo dias em áreas que estão sendo desmatadas por madeireiros. A ocupação retoma uma área da TI, que havia sido apropriada pela fazenda Curitiba. Os indígenas trancaram a estrada que corta o território tradicional e serve de via de transporte ilegal de toras.

Arquivado em Notícias com as tags , , , , , , , ,
Linhas de atuação: Terra, território e equidade sócio-espacial

Terra Indígena Maró | Oeste do Pará

TI Maró A Terra Indígena Rio Maró está localizada na chamada Gleba Nova Olinda, no município de Santarém, Oeste do Pará. Trata-se de uma área de 42.373 hectares reivindicada pelos grupos indígenas Borari e Arapium como território tradicionalmente ocupado.

Arquivado em Casos emblemáticos com as tags , , , , , , , ,
Linhas de atuação: Terra, território e equidade sócio-espacial

Ficha técnica – Terra Indígena Maró

TI Maró O modelo de desenvolvimento que vem sendo aplicado na região Oeste do Pará combina a exploração desastrosa dos recursos naturais e violação dos direitos territoriais e ligados aos modos de vida e produção de comunidades tradicionais, inclusive indígenas.

Arquivado em Notícias com as tags , , , , , , , ,
Linhas de atuação: Terra, território e equidade sócio-espacial