Biblioteca

hidrelétricas

Especial | Seminário Direito e Desenvolvimento

Confira: goo.gl/ncj4ir Ouvidos atentos dos participantes que lotaram o auditório da Universidade Federal do Oeste do Pará, em Santarém, marcaram os três dias de debates do seminário Direito e Desenvolvimento. O evento – realizado entre 16, 17 e 18 de fevereiro – foi organizado pela Terra de Direitos em parceria com a Pró-Reitoria de Gestão Estudantil da Ufopa. Confira nesse material os debates realizados no evento.

Arquivado em Notícias com as tags , , , , ,
Linhas de atuação: Política e cultura dos direitos humanos

“Se a gente for esperar o governo, a gente vai morrer – eles vão matar a gente”, diz indígena impactada por hidrelétrica

Maria Leuza Munduruku 'Barrar o rio é barrar nossos direitos' foi tema da discussão do terceiro dia do Seminário 'Direito e Desenvolvimento'. A partir do exemplo de luta dos atingidos por Belo Monte, movimentos sociais de Santarém apontam necessidade de união para impedir a construção do Complexo Hidrelétrico do Tapajós.

Arquivado em Notícias com as tags , , , , , , , , , , ,
Linhas de atuação: Política e cultura dos direitos humanos

Agência Pública | Cala-boca em Belo Monte

Cultura das etnias não foi levada em conta nas compensações; alguns chegaram a recusar as novas casas Reportagem da série “Cartas na Mesa”, trata da construção da Usina Hidrelétrica Belo Monte, que impactou mais de 40 mil pessoas. Questiona-se falta de diálogo e transparência das questões relacionadas ao projeto.

Arquivado em Terra de Direitos na mídia com as tags , , , , ,
Linhas de atuação: Terra, território e equidade sócio-espacial

Hidrelétricas no rio Trombetas preocupam quilombolas e indígenas do Pará

O rio Trombetas é um afluente da margem esquerda do rio Amazonas, no Pará. (Foto: Emmanuel de Almeida Farias Júnior) Os quilombolas querem ter acesso a informações mais sólidas sobre o planejamento energético para a bacia do rio Trombetas, um afluente da margem esquerda do rio

Arquivado em Sala de mídia com as tags , , , , , , , , ,
Linhas de atuação: Terra, território e equidade sócio-espacial

Comunidades atingidas por projetos hidrelétricos no Oeste do Pará não querem ser a próxima Belo Monte

Itaituba_março_ Ednubia (98) Organizações entregaram carta de denúncia ao Ministério Público Federal de Santarém, nesta segunda-feira (17). Entre as reivindicações está a realização de consulta prévia, livre e informada, prevista na Convenção 169 da OIT.

Arquivado em Notícias com as tags , , , , , , , , , , , , , ,
Linhas de atuação: Biodiversidade e soberania alimentar, Terra, território e equidade sócio-espacial

Movimentos sociais do Oeste do Pará se mobilizam contra construção de barragens na região

Luta 14.03.2014 Como parte das mobilizações no Dia Internacional de Luta Contra as Barragens, pelos Rios, pela Água e pela Vida, movimentos e organizações realizam hoje uma Audiência Pública Popular na orla de Itaituba, Oeste do Pará.

Arquivado em Notícias com as tags , ,
Linhas de atuação: Terra, território e equidade sócio-espacial

Ficha técnica: Complexo hidrelétrico na bacia do Rio Tapajós

Rio Tapajós_ Foto Ramon Santos Esse Complexo Hidrelétrico é um conjunto de cinco grandes hidrelétricas previstas para a bacia do rio Tapajós (rios Tapajós e Jamanxin). É mais nova frente hidrelétrica do Plano de Aceleração do Crescimento (PAC) na Amazônia que se liga ao Plano IIRSA (Iniciativa de Interregional Sul América), que consiste na integração econômica da América do Sul, do Atlântico ao Pacífico com rodovias, hidrovias, ferrovias, eletricidade e telecomunicações para benefícios dos grandes grupos econômicos.

Arquivado em Notícias com as tags , , , , , , , , , , ,
Linhas de atuação: Biodiversidade e soberania alimentar, Terra, território e equidade sócio-espacial

Carta Capital | Hidrelétricas: energia pra quê e pra quem?

MAB 3_Marcelo Camargo_ABr A lógica do "desenvolvimento verde" muitas vezes é mais conservadora que as ideias difundidas pelo regime ditatorial brasileiro

Arquivado em Sala de mídia com as tags , , , , , , ,
Linhas de atuação: Terra, território e equidade sócio-espacial

Quilombolas e Agroextrativistas de Santarém/PA entregam Carta de reivindicações ao Superintendente Regional do INCRA

indios na floresta Nesta quinta-feira (7), lideranças quilombolas e agroextrativistas de Santarém apresentaram uma carta de demandas das comunidades a representantes do INCRA, entre eles o Superintendente Regional do INCRA, Luiz Barcellar.

Arquivado em Notícias com as tags , , , , , ,
Linhas de atuação: Terra, território e equidade sócio-espacial

4 mil trancam a Paulista contra a privatização das hidrelétricas e do petróleo

manifestação_mab_paulista_joka_madruga Cerca de quatro mil pessoas do MAB, MST, da Federação Única dos Petroleiros (FUP) e do Levante Popular da Juventude marcharam nesta quinta-feira (5) pela avenida Paulista, em São Paulo.

Arquivado em Notícias com as tags , , , , , , ,
Linhas de atuação: Terra, território e equidade sócio-espacial

Atingidos pelas barragens do Pará fazem cobrança a ministro

JOKA9630_Encontro Nacional 2013 MAB exige cancelamento dos projetos e a retirada da Força Nacional do Tapajós, no Pará.

Arquivado em Notícias com as tags , , , , , , ,
Linhas de atuação: Terra, território e equidade sócio-espacial

Complexo Hidrelétrico Tapajós | Oeste do Pará

Rio Tapajós_ Foto Ramon Santos O chamado “Complexo Hidrelétrico Tapajós” prevê a construção de sete usinas ao longo dos dois rios, no Oeste do Pará, impactando diretamente 32 comunidades tradicionais, entre quilombolas, ribeirinhos, pescadores artesanais, extrativistas e cerca de dois mil quilômetros de território indígena.

Arquivado em Casos emblemáticos com as tags , , , , , , , , , , ,
Linhas de atuação: Biodiversidade e soberania alimentar

Santarém/PA – Audiência Pública “Hidrelétricas no Tapajós: Perspectivas e Impactos”

A audiência tem como objetivo dar visibilidade às conseqüências do projeto do governo federal de construir o Complexo Hidrelétrico Tapajós

com as tags , , , ,
Linhas de atuação: Biodiversidade e soberania alimentar

1º Cadernos da Amazônia aborda consequências do modelo de desenvolvimento em curso na região

Fotos Ramon Santos_Resex Renascer (3) A expansão da monocultura da soja, a construção de grandes hidrelétricas e a chamada economia verde são o carro-chefe do modelo de desenvolvimento vigente na região amazônica.

Arquivado em Publicações com as tags , , , , , , , , ,
Linhas de atuação: Biodiversidade e soberania alimentar

Brasil de Fato | O alto preço pago pelos trabalhadores paraenses pela privatização da Celpa

colunista_Iury-Paulino Consideramos oportuno e estratégico um amplo processo de articulação entre os trabalhadores, na perspectiva da retomada da luta pela melhoria na qualidade da energia e pelo respeito aos trabalhadores do setor

Arquivado em Sala de mídia com as tags , , , , , , , ,
Linhas de atuação: Justiciabilidade dos direitos humanos e democratização da justiça

Justiça suspende operação Tapajós

Indígena Operação militar e policial estava sendo feita na região da Terra Indígena Munduruku, onde está planejada a usina hidrelétrica São Luís do Tapajós

Arquivado em Notícias com as tags , , , , , , ,
Linhas de atuação: Terra, território e equidade sócio-espacial

MPF pede suspensão da operação policial e estudos de usina no Tapajós/PA

indios na floresta O Ministério Público Federal (MPF) entrou nesta quarta-feira, 3 de abril, com recurso para suspender a operação militar que o governo federal faz na região do Tapajós, no oeste do Pará, assim como os estudos e o licenciamento da usina hidrelétrica São Luiz do Tapajós.

Arquivado em Notícias com as tags , , , , , , , , , , , , , , , , ,
Linhas de atuação: Biodiversidade e soberania alimentar, Terra, território e equidade sócio-espacial

Brasil de Fato | No caminho do “progresso”

Reserva-extrativista-Renascer,-que-será-afetada-pelo-Complexo-Hidrelétrico-Tapajós_Ramon-Santos Cerca de 250 soldados da Força Nacional de Segurança Pública chegaram no dia 27 de março, em Itaituba/PA, para escoltar técnicos na realização da última etapa do levantamento de informações ambientais na região do médio e alto Tapajós. As pesquisas fazem parte da finalização dos Estudos de Impacto Ambiental que possibilitarão as licenças ambientais para a construção da usina São Luiz do Tapajós – uma das sete previstas no Complexo Hidrelétrico Tapajós (...)

Arquivado em Terra de Direitos na mídia com as tags , , , , , , , , , , , , , , , ,
Linhas de atuação: Biodiversidade e soberania alimentar, Terra, território e equidade sócio-espacial

NOTA PÚBLICA – Em defesa da luta das comunidades e povos indígenas em face da imposição de projetos de desenvolvimento na Amazônia

Rio Tapajós_ Foto Ramon Santos Terra de Direitos, Comissão Pastoral da Terra - CPT (BR 163 e Santarém) e o Movimento dos Atingidos por Barragens - MAB protocolam nesta segunda-feira, 1º de abril, documento no Ministério Público Federal denunciando a situação de tensão e conflito iminente nas comunidades afetadas pelo projeto da Usina Hidrelétrica São Luis do Tapajós (...)

Arquivado em Notas com as tags , , , , , , , , , , , , , , ,
Linhas de atuação: Biodiversidade e soberania alimentar, Terra, território e equidade sócio-espacial

Projetos para construção de hidrelétricas no rio Tapajós intensificam violações de direitos no Oeste do Pará

Itaituba_março_ Ramon Santos (344) Na região Oeste do Pará, povos, territórios, etnias e culturas diferentes enfrentam um problema em comum: o projeto do Complexo Hidrelétrico Tapajós. Os planos para construção de sete usinas hidrelétricas, a partir de barragens no rio Tapajós e Jamanxim, ameaçam pelo menos 32 comunidades, além e dois mil quilômetros de território indígena, principalmente da etnia munduruku (...)

Arquivado em Notícias com as tags , , , , , , , , , , , , , , ,
Linhas de atuação: Biodiversidade e soberania alimentar, Justiciabilidade dos direitos humanos e democratização da justiça, Terra, território e equidade sócio-espacial
12