Biblioteca

Layza Queiroz

Artigo | Quem são os responsáveis por mais essa morte no campo?

terrainterna Em artigo publicado no portal Justificando, advogadas populares da Terra de Direitos analisam como a morte do defensor de direitos humanos, Ronair José de Lima, está relacionada à atuação do Sistema de Justiça e sua falha em garantir direitos humanos e coletivos. “Ronair não conseguiu esperar vivo a resolução do conflito. Seus algozes souberam contar com a morosidade do Poder Judiciário para assassinar mais uma liderança comunitária”.

Arquivado em Terra de Direitos na mídia com as tags , , , , ,
Linhas de atuação: Política e cultura dos direitos humanos

ONU discute situação dos defensores de direitos humanos que atuam na defesa do direito à terra

Comitê Brasileiro de Defensoras e Defensores de Direitos Humanos durante o Seminário Internacional de Proteção de Defensoras e Defensores de Direitos Humanos. A Terra de Direitos irá acompanhar na próxima terça-feira (23) a reunião promovida pelo Serviço Internacional de Direitos Humanos em Genebra, com diversas missões diplomáticas. O evento pretende discutir propostas de resolução que será debatida durante a 31ª reunião do Conselho de Direitos Humanos da ONU sobre a proteção aos defensores e defensoras de direitos humanos que atuem com conflitos territoriais e ambientais.

Arquivado em Notícias com as tags , ,
Linhas de atuação: Política e cultura dos direitos humanos

“Um governo não consegue saber o que é melhor para o povo sem consultar ele”, diz Deborah Duprat, em primeiro dia de Seminário

"A Consulta Prévia não é uma ação afirmativa. É um imperativo da sociedade plural", Deborah Duprat, durante seminário Direito e Desenvolvimento. Na mesa, da esquerda para direita: Deborah Duprat (MPF), Layza Queiroz (Terra de Direitos), Luís de Camões, (MPF) Valdomiro de Souza (Ufopa). Confira: goo.gl/cpVA9V Auditório lotado marcou o primeiro dia do seminário ‘Direito e Desenvolvimento’, nesta terça-feira (16). A necessidade de união da população e o papel do poder judiciário no combate as violações de direitos humanos em grandes projetos foram destacadas pelas pessoas.

Arquivado em Notícias com as tags , , , , ,
Linhas de atuação: Política e cultura dos direitos humanos

Suspensão de Segurança, neodesenvolvimentismo e violações de direitos humanos no Brasil

Capa SS A avaliação da utilização do instrumento jurídico chamado de Suspensão de Segurança é trazida na publicação Suspensão de Segurança, neodesenvolvimentismo e violações de direitos humanos no Brasil. De autoria de Layza Queiroz Santos e Erina Batista Gomes, a publicação produzida pela Terra de Direitos conta com textos de Danilo Chammas, Fernando Gallardo Vieira Prioste e Larissa de Oliveira Vieira.

Arquivado em Publicações com as tags , , ,
Linhas de atuação: Justiciabilidade dos direitos humanos e democratização da justiça

Violência, incêndio e racismo: a luta quilombola contra lentidão da Justiça

casa queimada Incêndio na comunidade quilombola de Patos do Ituqui, no Oeste do Pará, ocorrido no último domingo (7) revela gravidade dos conflitos com fazendeiros da região. Apesar de denúncias das ameaças aos órgãos públicos, nenhuma ação foi tomada.Integrante da Comunidade, Eliane pede agilidade no processo de demarcação para dar fim aos conflitos. “A gente dorme com medo de acordar com a casa pegando fogo”.

Arquivado em Notícias com as tags , , ,
Linhas de atuação: Terra, território e equidade sócio-espacial

Artigo | Quilombolas no Brasil e a resistência negra pela terra

Comunidade quilombola Saracura, Oeste do Pará As possibilidades e desafios enfrentados por povos do campo do Brasil – como agricultores familiares, indígenas, povos e comunidades tradicionais – são trazidos na edição temática de dezembro em suplemento do jornal Mexicano ‘La Jornada’. Em artigo produzido pela advogada popular da Terra de Direitos, Layza Queiroz, são contadas algumas das dificuldades enfrentadas por comunidades quilombolas para efetivação do direito à terra.

Arquivado em Terra de Direitos na mídia com as tags , , , , ,
Linhas de atuação: Terra, território e equidade sócio-espacial