Biblioteca

Quedas do Iguaçu

Brasil de Fato | Juíza determina liberdade de sete presos políticos do MST no Paraná

Há anos, trabalhadores sem-terra têm reivindicado a destinação de terras griladas pela madeireira Araupel para a reforma agrária / Mídia Ninja Decisão se baseia em fundamento de excesso de prazo, uma vez que os integrantes do movimento estavam presos sem provas. Fabiana Braga, Claudelei Lima, Claudir Braga, Antonio Ferreira, Daniel de Almeida, Tiago Ferreira e Valdir Camargo permaneceram presos desde 4 de novembro de 2016, acusados do crime de organização criminosa.

Arquivado em Terra de Direitos na mídia com as tags , , , , ,
Linhas de atuação: Política e cultura dos direitos humanos

Brasil de Fato | Massacre de agricultores sem-terra no Paraná completa um ano

32736242083_d479270a35_z Em 07 de abril de 2016, dois integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) foram emboscados e assassinados por agentes da Polícia Militar (PM). Vilmar Bordim tinha 44 anos, era pai de três filhos. Leonir Orback deixou dois filhos e a esposo grávida de nove meses, for morto aos 25 anos. A ação violenta da polícia também deixou pelo menos sete feridos, dois deles em estado grave. A PM alega que os sem-terra iniciaram os disparos, mas foi incapaz de comprovar a hipótese de confronto: as vítimas estavam todas do mesmo lado, e nenhum policial saiu ferido.

Arquivado em Notícias, Terra de Direitos na mídia com as tags , ,
Linhas de atuação: Terra, território e equidade sócio-espacial

Brasil de Fato | Há 7 meses, assassinato de dois sem-terra no Paraná aguarda responsabilização

A morte dos trabalhadores foi consequência de ação da Polícia Militar, que estava acompanhada de seguranças da Araupel  (Foto: Reprodução) Advogado aponta relação entre o caso e a operação deflagrada pela Polícia Civil no dia 4 e que atinge lideranças do MST. Nesta segunda-feira (7), completam-se sete meses do assassinato dos trabalhadores rurais Vilmar Bordim e Leonir Orback, que moravam no acampamento do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) Dom Tomás Balduíno, em Quedas do Iguaçu (PR).

Arquivado em Sala de mídia com as tags , , , ,
Linhas de atuação: Política e cultura dos direitos humanos

Mercosul | FPF vai investigar conflito entre sem terras e PM

O assessor jurídico da Terra de Direitos, Fernando Prioste, responsável por acompanhar o assassinato de dois integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), concedeu entrevista à Rede Mercosul e comentou o andamento das investigações. Confira:

Arquivado em Terra de Direitos na mídia com as tags , , ,
Linhas de atuação: Terra, território e equidade sócio-espacial

Cronologia aponta massacre de trabalhadores rurais em Quedas do Iguaçu: Polícia Militar emboscou e atirou para matar

Ataque O ataque promovido pela Polícia Militar a trabalhadores rurais sem terra, no último dia 7, em Quedas do Iguaçu/PR, é contado em cronologia construída a partir da coleta de depoimentos das vítimas.

Arquivado em Notícias com as tags , , , ,
Linhas de atuação: Terra, território e equidade sócio-espacial

Carta Capital | Confronto ou emboscada?

Quedas do Iguaçu_Joka Madruga Reportagem da revista Carta Capital relata o massacre de trabalhadores rurais sem terra no Paraná, no último dia 7. O texto aponta que, apesar de declarações da Polícia Militar de que trabalhadores rurais sem terra teriam disparado, boletim de ocorrência mostram que armas apreendidas dos trabalhadores não foram disparadas.

Arquivado em Terra de Direitos na mídia com as tags , , , ,
Linhas de atuação: Terra, território e equidade sócio-espacial

Brasil de Fato | Feridos no massacre em Quedas do Iguaçu (PR) são tratados como réus

A morte dos trabalhadores foi consequência de ação da Polícia Militar, que estava acompanhada de seguranças da Araupel  (Foto: Reprodução) Irregularidades na investigação do assassinato de dois trabalhadores rurais sem-terra é encaminhada à ONU, pela Terra de Direitos. Massacre realizado no último dia 7 contou com participação da Polícia Militar do Paraná.

Arquivado em Terra de Direitos na mídia com as tags , , , ,
Linhas de atuação: Terra, território e equidade sócio-espacial

Irregularidades, em investigações sobre massacre de trabalhadores rurais sem terra, são denunciadas à ONU

Luta popular_MST Interrogatórios ilegais, execução de prisão sem provas e a negação de acesso privado de um trabalhador rural sem terra ao seu advogado, são algumas das irregularidades apontadas no documento. As denúncias foram encaminhadas pela Terra de Direitos, nesta quarta-feira (13).

Arquivado em Notícias com as tags , , , , ,
Linhas de atuação: Terra, território e equidade sócio-espacial

Assassinatos de defensores/as de Direitos Humanos são denunciados à ONU e OEA

ferida aberta Organizações integrantes do Comitê Brasileiro de Defensoras e Defensores de Direitos Humanos encaminharam, nesta semana, denúncias internacionais sobre o alarmante número de defensores e defensoras assassinados no Brasil em 2016. O documento foi encaminhado para o Conselho Interamericano de Direitos Humanos (Cidh) da Organização dos Estados Americanos (OEA) e para a relatoria de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU).

Arquivado em Notícias com as tags , , , , , ,
Linhas de atuação: Justiciabilidade dos direitos humanos e democratização da justiça, Terra, território e equidade sócio-espacial

Nota do MST: Policia Militar e pistoleiros atacam famílias Sem Terra e assassinam dois trabalhadores do MST, no Paraná

12932794_10153359301027096_3933472896276085797_n Na tarde de quinta-feira (07/04), famílias do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), organizadas no Acampamento Dom Tomas Balduíno, no município de Quedas do Iguaçu, região centro do Paraná, foram vitimas de uma emboscada realizada pela Policia Militar do Estado e por seguranças contratados pela empresa.

Arquivado em Notas com as tags , , , ,

Brasil de Fato | Emboscada a acampamento do MST no Paraná deixa dois mortos e vários feridos

Acampamento Dom Tomás Balduíno, em 2015 (Foto: Joka Madruga) Por volta das 15h desta quinta-feira (7), uma emboscada contra o acampamento Dom Tomás Balduíno, em Quedas do Iguaçu, região centro do Paraná, deixou, pelo menos, dois mortos e cerca de 20 feridos, conforme informações do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST). De acordo com a secretaria do movimento, com participação da Polícia Milita do estado, seguranças e jagunços da madeireira Araupel participaram da ação.

Arquivado em Terra de Direitos na mídia com as tags , , , , ,
Linhas de atuação: Terra, território e equidade sócio-espacial

A luta das mulheres é a verdadeira razão para comemorar

image Todo ano as “comemorações” se repetem no dia 8 de março. Desde seu surgimento até os dias atuais, a data,inspirada na celebração das lutas pelos direitos femininos, fruto de construções históricas de mulheres como Alexandra Kollontai, Clara Zetkin e tantas outras ao redor do mundo, perdeu muito de seu caráter revolucionário e foi reduzida ao dia das flores e dos parabéns.

com as tags , , , , , ,
Linhas de atuação: Política e cultura dos direitos humanos