Notícias / Notícias



Sem Terra são baleados durante despejo em Quedas do Iguaçu


Os três Sem Terra que ficaram gravemente feridos, foram internados no Hospital Municipal de Quedas do Iguaçu e os outros atendidos e liberados, em seguida.O fato aconteceu, na manhã de hoje, enquanto a Polícia Militar despejava as cerca de 250 famílias acampadas na fazenda, em Quedas do Iguaçu. Segundo os Sem Terra, durante a desocupação os trabalhadores tentaram negociar com os PMs, "mas os políciais começaram a atirar com balas de borracha e chumbo, e lançar bombas de gás lacrimogênio contra os trabalhadores", denunciam. Após, o confronto os Sem Terra bloquearam a BR, que liga Quedas do Iguaçu a Usina do Salto Osório, como forma de protesto contra a truculência e a volência da Polícia Militar, durante o despejo das famílias acampadas, na fazenda Dona Hilda. A área tem cerca de 875 alqueires e pertence a Edson Bianchi. Foi ocupada pelos trabalhadores do MST, no dia 22 de setembro, deste ano. Segundo, Pré-diagnóstico Físico realizado na fazenda, a propriedade não tem nenhuma área de preservação ambiental e as encostas dos rios foram desmatadas, violando o Código Florestal Brasileiro e cometendo crime ambiental. Informações e entrevistas Assssoria de imprensa MST/PR Solange - (41) 3324 7000/84119794 Autor/Fonte: Assessoria de Imprensa MST-PR